Cabelo Colorido, Quero! – Tudo que você precisa saber

Não é de hoje que cabelo colorido vem fazendo sucesso e nos últimos tempos conquista cada vez mais adeptos e admiradores. Apesar dessa popularização, ainda há muitas dúvidas e mitos a respeito desse visual.

Gosta de cabelo colorido, fica babando nas fotos outras pessoas desejando que fosse você mas não faz nem ideia de por onde começar? Essa era eu um tempo atrás, mas de lá pra cá aprendi umas coisinhas. Vem comigo e aprenda também! 

Essa é a primeira parte da saga Cabelo Colorido, Quero!  Na qual reuni dicas e considerações gerais.

Confira abaixo as outras partes dessa série:
Cabelo colorido, Quero! – Rotina de Cuidados
Cabelo Colorido, Quero! – Descoloração sem medo
Cabelo Colorido, Quero! – Troca de cor

Logo de antemão, responderei algumas das principais dúvidas:

  • Precisa descolorir?
    Sim. Mesmo que você tenha o cabelo naturalmente loiro, dependendo do seu tom e da cor que você deseja, pode ser que ainda precise da descoloração. Para mais informações, aguarde a parte descoloração dessa saga.
  • É muito caro para ter e manter?
    Eu não diria exatamente rios de dinheiro, mas é necessário um certo investimento sim. Alguns gastos você só vai precisar ter esporadicamente, mas depende muito também da cor que você quer, se vai pintar o cabelo todo, etc. Continue lendo que nas próximas partes darei mais detalhes sobre isso.
  • Como faz para trocar de cor?
    Muitas pessoas acham que para trocar a cor do cabelo é necessário fazer novamente descoloração. Embora em alguns casos isso possa acontecer, é o último recurso. Há várias formas menos agressivas de desbotar a cor do cabelo. Afinal, cores fantasia geralmente vêm em tonalizantes, que diferente de tintas permanentes, saem com a lavagem. Apesar de essa ser a ideia, alguns não saem por completo apenas com shampoo, mas aí já é papo para outra parte dessa saga.

Pesquisa

Antes de tudo, você precisa entender o que vai fazer no seu cabelo para poder lidar com isso. E se você está aqui, quer dizer que já está nesse caminho. Cabelo colorido pode parecer um assunto complicado à princípio, mas não é tão difícil quanto parece – trabalhoso sim, sem dúvida -.

Deixarei indicado aqui um grupo no facebook que me ajudou muito. Lá tem bastante informação e caso não ache o que procura, os membros são bem ativos. Só fiquem atentos para as regras de publicação, para não terem o post excluído!

Chibi Room – Facebook

Disposição

Todo cabelo precisa de cuidados, em menor ou maior grau. E cabelos coloridos precisam de bastante cuidado. Além disso, você vai precisar retocar a cor também. Como eu já disse, isso não quer dizer necessariamente gastar rios de dinheiro! Porém, quer dizer necessariamente que você vai ter que dedicar um tempo extra para suas madeixas.

Se você é o tipo de pessoa que acha extremamente chato fazer mais do que lavar o cabelo e no máximo passar um cremezinho de vez em quando, talvez seja melhor repensar essa vontade.

De qualquer forma, sugiro que antes de pintar você passe um tempo seguindo uma rotina de cuidados com seu cabelo. Dessa forma, você já vai aprendendo e se adaptando a essa rotina. De quebra, ainda prepara o seu cabelo para a descoloração.

Desencane das opiniões alheias

Cabelo colorido é algo que inevitavelmente chama atenção, e com isso talvez venham alguns julgamentos. Podem te dizer que tá feio, que era melhor antes, que não combinou com você, que já não tem mais idade pra isso e blábláblá. Por mais que tente, é impossível agradar a todos. Então por que deixar de fazer algo que você quer só para agradar os outros, sendo que nem assim conseguirá unanimidade? A vida é muito curta pra gente ficar se prendendo por causa disso.

Caso seja uma questão mais fora do seu controle, como não ser permitido no local de trabalho, há a alternativa de fazer o cabelo colorido escondido. Calma que isso não quer dizer ir pintar o cabelo na calada da noite, mas sim a técnica de colorir somente a parte de baixo do cabelo. Dessa forma, o colorido só fica visível de acordo com o penteado.

No caso de serem os seus pais que não permitem, o único remédio é conversar mesmo. Compartilhar o que você tem aprendido e mostrar boas referências podem ajudar. Você também pode tentar negociar fazer só uma ou mais mechas e trabalhar essa aceitação daí. Cores mais escuras, que não chocam tanto em relação aos tons naturais, também são uma opção para tentar convencê-los.

Esteja preparada para errar

Pesquisar com certeza vai ajudar e muito a evitar uma série de erros, mas é preciso ter em mente que falhas ainda podem acontecer. Uma coisa é a teoria, outra coisa é a prática. Também não adianta pensar que por ter comprado o creme com as melhores resenhas da internet o seu cabelo vai ficar ótimo, nem sempre o que dá certo para algumas pessoas dá para outras.

Então, esteja ciente que alguma coisa pode dar errado e pode ser que você fique com o cabelo de uma cor feia ou acabe precisando cortar. Talvez só as pontas, talvez dois palmos. Se for muito, mas muito apegada ao tamanho do seu cabelo, repense. Ou, siga a próxima dica.

Comece com ombré-hair

Descoloração é uma coisa que assusta muita gente. Eu já passei por isso algumas vezes e sempre fico um pouco tensa. Fazer pela primeira vez no cabelo inteiro pode ser muito impactante; principalmente se tiver um cabelo longo e isso for muito importante para você. Então, minha sugestão é: em vez de uma descoloração global, por que não um ombré colorido?

Assim você terá a vantagem de:

  • Não “arriscar” seu cabelo inteiro;
  • Poder aprender a lidar com os cuidados e obstáculos de um cabelo colorido com mais tranquilidade;
  • Não precisar se preocupar com retoques frequentes;
  • Pouca preocupação da cor não combinar com você ou ficar ficar estranho, pois parte do seu cabelo natural ainda estará lá, tornando mais fácil harmonizar;

Depois, você pode descolorir o resto se desejar, com a vantagem de já estar acostumada a lidar com um cabelo colorido e com menos receios.

Paciência

Você precisará de paciência para pesquisar a respeito e para cuidar de um cabelo colorido, mas não pára por aí. Você precisará de paciência para:

  • Descolorir com cuidado: caso precise de mais de uma descoloração, evite fazer no mesmo dia. Seu cabelo precisa de um tempo para se recuperar desse procedimento.
  • Recuperar o cabelo: se seu cabelo está frágil, não faça coisas que podem danificá-lo ainda mais. Tampouco faça isso se ele tiver acabado de se recuperar. Às vezes basta pouco pra voltar pro estado anterior e todo seu tempo e esforço terá sido em vão. Também não espere que seu cabelo volte ao normal da noite pro dia.
  • Ficar com uma cor esquisita: seja por precisar descolorir o cabelo mais de uma vez ou por uma cor ter desbotado estranha, é provável que em algum momento você precise lidar com uma cor não muito bela na sua cabeça. Respire fundo e paciência, a vida segue. Muitas e muitas vezes fiz algo apressada para remediar uma situação e só piorei tudo.
  • Reserve dias totalmente livres para fazer descolorações ou tonalizações. Precisei de muitas experiências frustradas pra aprender que não adianta querer descolorir e/ou pintar o cabelo logo antes de um compromisso. Mesmo com muitas horas de antecedência, acabava sempre acontecendo alguma coisa que me tomava mais tempo e dava em maus resultados.

Teste de Mecha

O teste de mecha é: testar um produto em uma mechinha do cabelo, de preferência uma que fique escondida, para observar o resultado.

Eu sempre via  as pessoas ressaltando a importância de fazer teste de mecha. Porém, muitas vezes dá preguiça ou você simplesmente não quer esperar (olha aí a paciência de novo).

Mas eu digo e repito: se eu tivesse que citar alguns dos meus maiores arrependimentos, não ter feito mais testes de mechas com certeza seria um deles. Por mais que seu cabelo aparente estar saudável ou você esteja acostumada com determinado produto, não há como prever como seu cabelo vai se comportar. 

E por isso o teste de mecha é tão importante! Ele que vai demonstrar o que vai acontecer com o seu cabelo depois daquele segunda descoloração ou quando você passou uma tinta roxa em cima de um laranja! Antes ter um resultado ruim em uma mecha do que no cabelo todo. Após muitos desastres, teste de mecha is my new religion

Bom, essas são minhas sugestões e coisas que julgo necessárias para ter um cabelo colorido, baseada nas minhas experiências e erros cometidos. Você tem mais alguma sugestão? Fique livre para comentar!

Confira a segunda parte, sobre rotina de cuidados.
Assim, você já poderá ir preparando o seu cabelo antes de ele receber química.

Para se inspirar mais ainda, acesse minha pasta de cabelos coloridos no Pinterest, estou sempre atualizando:

Relacionados

31 Comentários

  1. Ótimas dicas… eu sempre quis pintar o cabelo, mas e a coragem? kkkkk Morro de medo de estragar meu cabelo. Mas adorei o seu texto…explicou muitas coisinhas.

    1. Eu amo cabelo rosa! Que pena que você não continuou, mas espero poder te ajudar a voltar! A parte mais perigosa é a descoloração, retocar só a cor em casa é tranquilo (se você não se importar de se sujar um pouco auhsuhas).

  2. texto bem informativo!! quando eu estava na faixa dos 20 anos… ha uns 10 aos atrás também pinta o cabelo de várias cores! é a nossa expressão.. somos únicas!! Na época tinha muita repressão e era considerada louca.. e não tinham tantos produtos bons como tem hoje.. Hoje a aceitação é muito maior e tem como intercalar cores diferentes.. parabéns pelo post.. muito instrutivo.. e me trouxe nostalgias.

  3. Olá Lais tudo bem?
    Nossa cabelos coloridos são um arraso, gostei dessa matéria… minha vontade era de ter uma mecha branca quem sabe um dia… 🙂

  4. Super queria ter a coragem de deixar meu cabelo colorido, mas como sou loira e já me da muito trabalho não tenho coragem, pois vos cabelos coloridos dão muito mais.
    quem sabe um dia pois acho muito bonito.

    1. Nunca tive o cabelo loiro (sem ser por ter descolorido pra pintar), então não posso comparar, mas acho que dependendo do tom de loiro e do colorido, deve ser parecido. Tem cores que não precisam de base tão clara pra pegar. O problema é também ficar retocando, já que os tonalizantes saem com a lavagem. Enfim, loiro também é lindo então aproveita!

    1. Menina, que é isso, tanta negra com cabelo colorido e sendo belíssimas! Não é tão fácil de encontrar referências como de moças brancas, mas vou me esforçar para adicionar mais na pasta do pinterest. Confere depois, quem sabe você muda de ideia 🙂

    1. É isso mesmo Juliana, trata dele primeiro pra só pensar em fazer química depois. O cabelo virgem também sofre muita agressão se fizer muita chapinha, escova, se for muito à praia/piscina… Tem que ver tudo isso antes desses procedimentos 🙂

    1. Que bom que pude te inspirar! Dá medo mesmo de fazer essas coisas, mas é muito bom quando a gente supera. Continua acompanhando essa saga, quem sabe não acaba fazendo? Amanhã sai a parte de rotina de cuidados 😉

  5. Eu acho lindo, e acho que a pessoa te que ter muito estilo, pra fazer isso.. hehe
    Mas não faria, acho que o loiro já da tanto trabalho.. rsrs imagina colorido, mas adorei as dicas, acho realmente importante o pessoal pesquisar todos os prós e contras antes de fazer uma mudança…

  6. Eu acho lindo cabelo colorido, mas no das outras pessoas. No máximo faço ombré loiro kkk Acho que talvez porque quando era mais nova fazia todo tipo do cabelo e praticamente metade dele era rosa, vermelho ou roxo e acabei cansando. Nunca pintei todo porque minha mãe ão deixava. Então sempre descoloria metade, tipo ombré, para pintar ou então fazia em todas as camadas de baixo e só a de cima permanecia natural. Teve uma época que meu cabelo chegou a ter três cores de uma vez só, na época em que o corte from UK era moda (cara nem acredito que fiz aquilo no meu cabelo). Acho que foi de tanto experimentar, que agora tento deixar meu cabelo o mais natural possível e me sinto realizada com um ombré loirinho nas pontas. Até porque sou daquelas que tem preguiça de fazer mais do que lavar e secar com secador.
    Ainda não sei como meu cabelo permaneceu forte ao longo dos anos, apesar das descolorações e pinturas que comecei a fazer com 12 anos, sendo que nunca tive muito cuidado. Acho que é sorte mesmo.
    Ano passado cortei meu cabelo chanel, para tirar as mechas que tinha nas pontas e fiquei seis meses sem descolorir, deixei ele natural mesmo, mas nunca tive muito cuidado de fazer hidratação. Só lavava normal mesmo. E quando fui no salão esse mês a assistente da cabelereira ainda elogiou meu cabelo e disse que tava super lindo e dava pra ver que era bem cuidado. Querida, se ela soubesse que às vezes até durmo com ele molhado por preguiça,…. haha

    Beijoos

    1. Seu cabelo já viveu muita coisa então, ashuahs
      Eu adoro ombré colorido, acho super bonito e não tem essa preocupação chata de a raiz estar crescendo e ter que retocar!
      Eu sou daquelas que sempre gostou de seguir um ritual de beleza com o cabelo, por isso não me incomodei muito com os cuidados adicionais quando deixei colorido. Já a minha irmã, só faz lavar e usar condicionador mesmo, nada mais que isso. E o cabelo dela é belíssimo! Fazer o que né, uns são abençoados e pelo visto você é uma dessas <3

      ps: às vezes também durmo com o cabelo molhado porque também sou filha de deus

      Obrigada pela visita!

  7. Pingback: education advice
  8. Pingback: dept of edu

Responder